Preço dos Implantes Dentários

Algumas considerações sobre os tratamentos com implantes dentários:

  • Os tratamentos de reabilitação oral que recorrem a implantes dentários são dispendiosos, tanto para o paciente como para o médico/equipa clínica envolvida.
  • A indústria que lhes está associada tem elevados padrões de qualidade no que respeita à produção, investigação, inovação, pesquisa, assistência …
  • Os materiais usados em reabilitação oral com implantes dentários são de vanguarda, reunindo diversas propriedades que vão desde a resistência à biocompatibilidade passando pela estética e por propriedades óticas semelhantes às dos dentes naturais.
  • As reabilitações com implantes dentários são extremamente previsíveis e fiáveis.
  • As taxas de sucesso rondam os 98%.
  • A nível clínico, os implantes dentários permitem corrigir ou repor diversas situações de uma forma categórica, dando uma efetiva melhoria de qualidade de vida aos pacientes, com repercussões na saúde oral e geral.
  • Trata-se de um investimento na saúde com uma ótima relação qualidade/longevidade do tratamento versus preço.

Fatores para a colocação dos Implantes Dentários

Nos tratamentos com implantes dentários quais são os diversos fatores que influenciam a tomada de decisão das pessoas em aceitar o tratamento? Será só o preço?

O preço será sem dúvida um fator muito importante, mas não será o único. Outros fatores são igualmente importantes, contribuído diretamente para o preço final:

  • Condições físicas do consultório/clínica.
  • Equipa Clínica – profissionalismo e competência.
  • Experiência e formação do médico implantologista e da equipa.
  • Laboratório
  • Materiais e técnicas usadas.
  • Nível de tecnologia.
  • Assistência e acompanhamento dado durante e após o tratamento, no período de manutenção

Quando se fala do preço de um implante estamos a referirmo-nos a quê?

O preço de um tratamento com implantes dentários corresponde a todo o processo e a todas as fases do tratamento.

Quais são as fases de um tratamento com implantes dentários?

  • Planificação – inclui a 1º consulta e posterior estudo.
  • Fase Cirúrgica – corresponde à colocação do implante propriamente dito em ambiente esterilizado de bloco operatório.
  • Fase de Osteointegração – corresponde ao período de tempo que é necessário para que o implante osteointegre no osso. Demora sensivelmente 3 meses e inclui 2 ou 3 consultas de observação.
  • Fase Protética – diz respeito ao período em que se vão fazer e colocar as próteses fixas definitivas sobre os implantes. . Fase Invisível – corresponde a todas as etapas laboratoriais e que são invisíveis para os pacientes.

Curiosidades acerca da divisão do custo de um tratamento com um implante dentário:

  • A fase de planificação e colocação correspondem a 45% do total.
  • A fase de osteointegração e protética a 55% do custo total.
  • Em relação aos materiais correspondem a cerca de 40% e os custos com a equipa clinica a 60%.

Afinal, quanto custa um implante?

A pergunta deverá ser: Quanto custa um tratamento de qualidade com recurso a um implante dentário?
Existem inúmeros preços, mas o desvio padrão será de 1500 a 2500 euros dependendo da clinica onde é feito.

Nos casos de tratamentos múltiplos, com mais de um implante, o preço normalmente não vai ser a soma aritmética da quantidade de implantes colocados, sendo ajustado consoante o caso em questão.

Não existem preços standart, pois o preço vai variar consoante os fatores referidos anteriormente, devendo valorizar-se a formação, a experiência e o empenhamento dos profissionais.

A relação Qualidade/Longevidade versus Preço permite encarar este tipo de tratamentos como um bom investimento na saúde.